Venha visitar Vancouver!!

Entrevista com Ricardo Breves: Vancouver e Utah

Confiram o bate papo gostoso que tivemos eu aqui em Utah e Brevito em Vancouver.

Inclusive me deixou com mais vontade de conhecer esse lugar incrível que já estou considerando para às férias de 2020.

Ricardo Breves foi um antigo cliente que atendi no mercado publicitário ( ele em agência e eu em veículo de comunicação ). Iniciamos nosso processo de mudança de país quase na mesma época, 3 anos atrás.

Nesse bate papo fizemos uma rica troca de vivência cultural, como foi fazer a mudança, como tem sido aprender um novo idioma, dicas de passeios e lugares. Assim nasceu a idéia de convidá-lo a escrever esse artigo.

 

Autor convidado – Ricardo Brevito

Brevito – Instagram: @photo_brevito

O único risco é você ser fisgado como eu fui e programar suas férias, mas aí salvem as dicas e entrem em contato com ele para maiores informações.

 

Vancouver, uma cidade vibrante !!

Situada na Costa Oeste do Canadá banhada pelo pacífico. Cercada de muito verde permite fácil acesso a natureza e oferece muitas atrações turísticas e lazer para todos os gostos.

Geografia

Localizada ao sul da província de British Columbia, Vancouver é a terceira maior cidade do Canadá (675.218 habitantes).

Com certeza, um dos principais destinos no país para curtir as férias, fora do tradicional, sendo circuito das cidades turísticas mais visitadas no mundo.

É só perguntar para quem já esteve por aqui e com certeza ouvirá sobre os seus encantos! 

(Vista aérea de Vancouver e o Stanley Park ao fundo)

Simplesmente apaixonante

Mesmo morando aqui já há algum tempo e conhecendo as suas principais atrações, não me canso de olhar para Vancouver com aquele olhar de quem está visitando a cidade pela primeira vez.

Ela é apaixonante e a cada estação do ano veste-se de cores, temperaturas e atrações diferentes. 

A cada estação uma nova cidade

Na Primavera, os rios, lagos e montanhas começam a descongelar e abrem passagem para um mundo de cores com o brotar das tulipas, rosas, flores selvagens e as famosas árvores japonesas chamadas – Cherry Blossoms.

  • Nesta época as temperaturas giram em torno de 3°C podendo chegar a 20°C.
  • A dica aqui é visitar os campos de tulipas nas regiões de Abbotsford e Penticton, por exemplo. 

O Verão é com certeza um convite aos eventos e atrações outdoor. É com certeza a época do ano em que a cidade mais recebe turistas.

  • Os parques, lagos e praias ficam repletos de pessoas curtindo o sol e as temperaturas que variam de 18°C a 32°C.
  • A sacada aqui é curtir os longos dias da luz do sol
  • Aproveitar ao máximo os lugares e atrações que a região oferece como por exemplo, as fazendas para colher frutas da estação como cerejas, framboesas e as famosas blueberries. 

Quando o Outono se aproxima, as temperaturas começam a ficar mais baixas (entre 06°C a 14°C). A cidade vai mudando de cor e passando por tons de amarelo, laranja e avermelhado.

  • Os dias vão ficando mais curtos e as noites mais longas, até o momento em que as folhas, a famosa Maple Leaf que simboliza o Canadá, começam a cair anunciando a chegada da próxima estação.
  • Nesta época do ano, além de visitar os parques coloridos é hora de apanhar abóboras nas fazendas que cercam a cidade e esculpi-las para a grande celebração do Halloween.

E por fim, mas não menos relevante, o Inverno.  Já no inverno, as temperaturas por aqui chegam na casa dos 0° e as vezes até negativo (entre -02°C a -06°C).

Entretanto, com roupas apropriadas e a calefação presente em todos os ambientes fechados e inclusive no transporte público, amenizam o frio dos visitantes.Só que não para por aí.

  • Para os amantes da neve, bastam alguns minutos de deslocamento para se chegar ao topo de uma das três montanhas que emolduram a cidade e oferecem pistas incríveis de sky;
  • Snowboarding,
  • Patinação e o snowshowing (trekking no gelo).Ou seja, diversão garantida para quem curte esportes de Inverno.

Ou seja, diversão garantida para quem curte esportes de Inverno.

A dica aqui é conferir as fantásticas montanhas Grouse Mountain e Mount Seymour ou a famosa Cypress Mountain, que em 2010 sediou as Olimpíadas de Inverno.

 

Portanto, escolha o período do ano que você mais gosta e venha conhecer as atrações de Vancouver e sua região.

 

Vancouver no próximo roteiro!!

Bom, para colocar mais um tempero na chance de você considerar Vancouver o seu próximo destino turístico, eu vou contar um pouquinho sobre 3 grandes atrações da cidade. 

1- Como cartão de visita, vou começar pelo Stanley Park:

  • É o maior e mais belo parque da cidade, com cerca de 400 hectares de muita natureza banhada pelo oceano pacífico e em harmonia com as montanhas.

Você irá encontrar lagos, pequenas praias, muita área verde para relaxar num delicioso piquenique, piscina pública, quadras de tênis, café, restaurante, além do incrível Aquário de Vancouver e muito mais.

Se você é do time dos que curtem uma bela caminhada, recomendo andar pela Seawall:

  • Um caminho que contorna todo o parque por cerca de 9 quilómetros, repleto de paisagens cênicas e lugares incríveis para tirar muitas fotos!

Agora, se você quer algo mais esportivo e dinâmico, a dica é alugar uma bicicleta nas lojas que oferecem o serviço próximo ao parque e percorrer a ciclofaixa que segue o mesmo trajeto.

A parada especial, fica por conta da imponente Lions Gate Bridge:

  • Uma ponte suspensa que liga o Norte e o Oeste de Vancouver ao coração de Vancouver Downtown, cortando a floresta do Stanley Park como um túnel verde repleto de natureza. 

 

Seawall – Stanley Park

 

2- Outro lugar incrível e que você não pode deixar de visitar é a Granville Island:

  • Uma pequena península, literalmente grudada na cidade e que é considerada um dos lugares mais encantadores de Vancouver.

Para chegar até este pequeno paraíso é só cruzar a ponte que leva o mesmo nome da península (Granville Street Bridge) ou atravessar o False Creek num dos pequenos Aquabus – Ferry, que cruzam este falso canal que corta a cidade.

Você irá encontrar o Mercado Público, bares, restaurantes e várias galerias com lojas vendendo os mais diversos souvenirs.

Em Granville Island, duas paradas são quase que “obrigatórias”:

  • A primeira, para fotos, fica na fábrica de cimento Ocean Concrete, que abriga em seus silos uma incrível e gigantesca pintura de arte dos artistas brasileiros, Gustavo e Otávio Pandolfo, conhecidos como – Os Gêmeos.
  • E A segunda parada “obrigatória” é para degustar as cervejas artesanais e temáticas produzidas na pequena fábrica chamada Granville Island Brewing.

Aliás, este é um capítulo à parte para uma outra oportunidade. As dezenas de cervejarias artesanais com seus pequenos bares acoplados, que estão espalhadas por Vancouver e região.

 

Granville Island – vista do deck de frente para o False Creek

 

E para encerrar a tríade com chave de ouro, vou voltar no tempo para contar um pouco sobre a origem da cidade.

3- O marco zero de Vancouver fica na Maple Tree Square:

  • Uma intersecção onde as ruas Water, Powell, Alexander e Carrall se encontram bem no centro do bairro de Gastown.

Foi ali que no ano de 1867, John “Gessy Jack Deighton” abriu o seu primeiro “saloon” na pequena área conhecida como Granville Townsite, que anos depois cresceria até se tornar a belíssima Vancouver.

Gastown é o mais antigo e charmoso bairro de Vancouver, que mistura o velho e o novo com grande estilo e harmonia.

Aqui vale ressaltar que a Maple Tree Square é um dos lugares cênicos da cidade para se tirar lindas fotos.

Nesse lugar você irá encontrar a estátua do Gessy Jack, a arquitetura única do Flatiron Building (antigo Hotel Europa) e o Byrnes Block, uma das construções mais antigos de Vancouver até hoje.

Mas sem dúvida, a rua mais famosa de Gastown é a Water Street:

  • Você terá a chance de caminhar pelas ruas de paralelepípedos, com seus postes de iluminação vintage e suas construções antigas.

É lá também que você terá a oportunidade de conhecer o antigo e majestoso Relógio a Vapor marcando as horas pontualmente com o seu apito e vapor  inconfundíveis.

 

(Relógio à vapor – Gastown Vancouver Steam Clock)

 

Explorando este bairro boêmio, você encontrará ótimos restaurantes, passando pela cozinha europeia e asiática:

  • Cafés, bares, pubs, galerias e boutiques;
  • Parada ideal para comprar as lembrancinhas do Canadá, incluindo o famoso Maple Syrup – o mel que é extraído das folhas de Maple e que é delicioso.

Estas são algumas das atrações mais turísticas da cidade, mas veja que a lista é longa:

  • Grouse Montain,
  • Capilano Bridge
  • Science World,
  • Deep Cove,
  • Queen Elizabeth Park,
  • Chinatown,
  • Biblioteca Pública,
  • Museu de Antropologia,
  • Robson Street e muito mais.         

É claro que a vantagem de morar aqui me permite explorar e descobrir aqueles cantinhos que os nativos e moradores locais adoram frequentar.

Mais estes segredos eu vou guardar para contar quando você com sua família, ou seus amigos estiverem de passagens compradas e contando os dias para desembarcarem aqui, nesta cidade encantadora chamada – Vancouver. 

Para mais informações, dicas e roteiros personalizados entre em contato pelo Instagram @photo_brevito e fale comigo.

Até lá! Siga o perfil e vá acompanhando algumas de minhas fotos e vídeos.  

Veja também: