Minhas impressões de Paris

Cada lugar tem sua história, seus valores, seu cheiro, seu passado e com tudo isso muitos países que passaram por períodos de guerra e também de reconstrução trazem em sua personalidade uma atmosfera única.

Paris é um desses lugares que ao menos uma vez na vida vale à pena conhecer para ter sua própria opinião.

3 Dias na cidade luz

Impressão, gosto e opinião cada um tem o seu, então vou compartilhar a minha opinião sobre Paris.

Consciente que visitei o superficial do superficial, vou falar dos lugares que conheci nesses 3 dias.

Lua de mel abençoada

Considerando que foi nossa lua de mel e planejamos os lugares de acordo com a verba e com o que gostaríamos de conhecer, não tem como ser ruim ou não gostar, mesmo percebendo o lado sombrio de algumas situações.

O lado sombrio de Paris

Chegamos em Paris no sábado dia 8/06/19, as 3:00 PM e já no táxi percebemos algo estranho. O taxista de etnia indiana, um tanto tenso e pouco interagia conosco, deu algumas voltas extras na mesma região, o que nos deixou desconfiados, mas entendemos na sequência o motivo.

  • Paris estava tendo um grande protesto.

Quase todos os sábados deste ano Paris vem passando por protestos contra o governo do atual presidente, não sabíamos, mas descobrimos assim que chegamos.

Um verdadeiro exército de soldados armados com metralhadoras vestidos como “rambos”, fecharam as  ruas, avenidas e alguns pontos turísticos e somente os moradores locais podiam transitar.

No nosso caso, o taxista precisou parar na esquina porque a rua estava fechada. Precisamos nos identificar aos policiais armados, apresentamos nossos passaportes e depois de liberados caminhamos até o hotel que estávamos hospedados.

Atmosfera tensa

Claro que a  atmosfera do lugar fica comprometida, por mais tranquilo que uma pessoa seja. É assustador andar no meio de armas e soldados prontos para uma guerra.

Minha primeira impressão foi de insegurança e que Paris estava lotada.

Não fosse a tensão e atmosfera negativa do protesto teria sido encantador e perfeito.

Glamour e arte

A arquitetura dos edifícios com plantas e flores penduradas nas paredes, nas lojas, o charme dos restaurantes e cafeterias com mesas nas calçadas, a arquitetura e o charme das pontes (vimos 3 noivas tirando fotos no domingo), os monumentos, os parques com praças, os museus, o ar fashion das griffes, tudo isso garantem um glamour e romantismo único de Paris.

Duas coisas de Paris que mais me chamaram atenção e vão ficar na memória:

  1. Sobremesas e culinária.

 

 

 

 

Não sou a fã dos doces e nem de comidas, mas a gastronomia francesa é uma verdadeira obra de arte.

Comi com os olhos e fiquei hipnotizada quando vi a vitrine da famosa Ladurée onde os famosos macarrons são produzidos.

 

 

 

 

No interior da loja, os macarrons distribuídos como obra de arte nos balcões de vidros com todas as cores e sabores aguçaram a criança interior que habita em mim, provocando todos meus sentidos.

Senti vontade de provar todos para saber qual é o mais gostoso, mas não consegui e os que provei gostei e não sei dizer qual gostei mais.

 

 

 

 

Comer bem em Paris é um presente para os olhos e para a alma, mas o bolso sente. Comer bem nos lugares glamourosos é caro.

Existem  opções com preços acessíveis aos bolsos e vimos isso no supermercado, pois a variedade de queijos, vinhos e bebidas em geral, pães, croissants e doces divinos são excelentes e acessíveis.

Torre Eiffel – uma atmosfera iluminada

2. Rio sena e a torre Eiffel

A segunda coisa que mais gostei foi nosso presente de lua de mel e valeu à pena esperar 1 ano e oito meses para celebrar nosso momento.

  • O jantar no barco com saída e chegada na torre Eiffel.
  • Foram as cenas mais românticas da minha vida.

O barco saiu às 8:30 PM e voltou as 11:00 PM. Já na saída ainda, claro, com o sol começando a se por, a atmosfera era de encantamento e romantismo total.

Como um presente que eles nem imaginam que nos deram, ouvimos a música “Garota de Ipanema” em inglês na doce voz da cantora no barco.

Segue o link com as opções de jantares no barco.

https://www.bateauxparisiens.com

Rio Sena – um rio mais que  romântico

O barco passeava devagar e íamos vendo pessoas sentadas à margem do rio Sena, algumas sozinhas, outras com supostos amigos, famílias, casais e todos ali sentados contemplando o por do sol, fazendo seu picnic ou tomando seu vinho ou champagne. Imagino que passaram no supermercado, compraram seus pães, queijos e vinhos (acessíveis e excelentes) e foram contemplar o por do sol.

Alguns acenavam para os barcos que passavam. Não resisti e quando percebia a menor interatividade, retribuia também. Sabe aquele momento mágico que compõe o cenário cinematográfico romântico e perfeito?!

A inabalável Notre Dame

Sentados à mesa no barco, degustando um divino e autêntico jantar francês, observamos e contemplamos a majestosa arquitetura da Notre Dame ao som de Ave Maria.

A frente da igreja não foi afetada pelo incediou que aconteceu recentemente, apenas a parte da lateral e dos fundos e o visual de dentro do barco é realmente mágico e único.

Ao chegarmos as 11:00 PM, a Torre Eiffel estava toda iluminada e lembrei de como me sentia quando criança no Natal, a mesma sensação de curiosidade com euforia pelo que ia acontecer.

 

Louvre ou aeroporto internacional de Paris?

 

 

Vimos o Louvre apenas pelo lado de fora e a arquitetura da famosa pirâmide dá para sentir o quanto requer um planejamento à parte.

Como se trata de um museu gigante que precisa no mínimo de alguns dias para se ter uma idéia geral e nós tínhamos apenas 3 horas, troquei pelo aeroporto e acredito que você vai entender e apoiar o motivo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Meu filho estava indo para a Rússia e fez uma escala de 3 horas no aeroporto de Paris, ou seja, dar um abraço no meu filho foi uma oportunidade única que trocaria por qualquer lugar ou qualquer coisa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Encerro o artigo com um carinho pela cidade luz a qual vivenciei uma tensão sombria, mas que não invalida todo encantamento que a cidade oferece.

Minha sugestão é que quando forem visitar Paris, apenas certifiquem-se do clima em todos os sentidos, isso faz toda a diferença. O ideal é ir na primavera ou no outono e claro, sem protestos. Sugiro um mínimo de 5 dias, 3 dias é pouco.

Estivemos em Londres por 6 dias e Paris por 3 dias. Em apenas duas horas e meia de trêm pode-se contemplar a beleza e a cultura de países completamente diferentes em sua atmosfera.

Saiba mais sobre Londres: http://adrianajarva.com/londres-uma-atmosfera-unica/

 

 

Veja também: