O poder da música

O milagre da música em minha vida !!

Quando estava grávida do meu filho, minha mãe estava em fase terminal com câncer.

Até meus 6 meses de gravidez consegui cuidar da minha mãezinha e foi muito triste assisti-la a definhar ao mesmo tempo em que eu gerava o melhor presente de Deus!

Meu filho nasceu em 26/06/91 e naquele dia eu também renascia.

Acredito que os pais renascem junto com os filhos, pois passamos a ver a vida de outra forma.

Durante minha quarentena, minha mãe fez a sua passagem em 17/08/91.

Senti uma tristeza profunda e ao mesmo tempo comecei descobrir minha força pois tinha que cuidar do meu pequeno.

Sincronicidade e inspiração 

Na época, estava lendo um livro para grávidas e me lembro de um capítulo no qual dizia que tudo que a mãe sente o filho também sente. Caso a gestante estivesse passando por alguma situação muito difícil, por exemplo, problemas com saúde. A música tem poder de cura, principalmente músicas eruditas ou clássicas.

Conexão com interatividade

Dizia ao meu baby o quanto ele era amado e seria bem vindo ao mundo!

Que tudo ia ficar bem e que sempre colocaria músicas para ele dançar e curtir.

Conversava com ele de forma amorosa e verdadeira.

Falava que a minha tristeza era por saber que a vovó estava doente e fraquinha, mas que ele era alegria e presente de Deus para mim e para o mundo.

Papai do céu sabe o que é melhor

” Deus, nosso papai do céu sempre sabe o que é melhor e estava preparando o melhor para a vovó. ”

Ele respondia com pontapés e eu era tomada por um sentimento transformador naquele momento de alegria e paz. 

Escutava música clássica, erudita, rock e conversava bastante coisas positivas com meu baby .

A música não só foi benéfica como por coincidência, chamo de ” Deucidência” meu filho se tornou músico e toca 6 instrumentos.

Percebe quantos milagres?!

 

Tributo ao Cazuza

Em tributo aos 30 anos do falecimento do Cazuza, Rodrigo foi convidado a criar algo diferente com a música Exagerados. 

  • Compartilho o vídeo abaixo, um dos meu preferidos.
  • ” Exagerados “, essa música faz parte da minha geração e ouvir tocada de forma criativa e inovadora pelo filho, não tem preço!
  • Prestem atenção como ele toca guitarra. Sei que sou suspeita, mas ele tem um dom conferido por Deus.
  • Gratidão. Gratidão e gratidão Deus. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Vida em constante transformação

As pessoas me perguntam de quem meu filho “puxou” o dom e talento com a música.

Eu realmente não sei a resposta.

Por parte do pai dele não sei se tem ou teve alguém com esse dom.

Da minha parte, minha mãe gostava de tocar sanfona, adorava dançar e cantar, chegou a atuar no circo quando adolescente, mas, nada profissional, apenas como diversão.

Minha irmã mais velha gostava de escrever, chegou a compor músicas em sua juventude, mas se decepcionou quando teve suas letras roubadas e desde então parou de escrever.

Eu gosto de cantar, mas não tenho talento profissional para isso, pois costumo desafinar bastante, mas para espantar os males arrisco cantar em casa quando estou no banho!

E na virada da vida…

Passados 25 anos.

Depois de uma demissão e recém separada , comecei aprender inglês aos 45 anos de idade.

Como alguns de vocês sabem vim estudar nos EUA, onde me casei e estou vivendo.

 

Coral

Na escola ELC ( English Learning Center ) da BYU, onde estudei inglês , tive a oportunidade de participar do coral.

Foi maravilhoso sentir como a música também ajuda no processo de aprendizado, melhorando a pronúncia das palavras.

Nunca me imaginei cantando em um coral.

Foi a minha primeira vez e achava que tinha que ter um certo talento ou vocação, mas não precisa.

O que precisa como tudo nesta vida é ter vontade, acreditar em si, se dedicar e ter disciplina.

Costumava dirigir para a escola, enquanto escutava as músicas, ia repetindo as palavras para melhorar a pronúncia.

  • Compartilho com vocês nosso coral.

 

 

Lady Gaga

  • Como disse a diva Lady Gaga durante sua premiação do Oscar de 2019:

” Não é sobre ganhar. É sobre não desistir. Se você tem um sonho, lute por ele.

Paixão tem de vir acompanhada de disciplina.

Não importa quantas vezes você tenha sido derrotado ou rejeitado.

Mas quantas vezes você levantou e seguiu em frente ” (Lady Gaga).

Finalizo o artigo de hoje convidando você a se entregar e escutar com o coração estes “monstros da arte”.

Domingo, durante a premiação do Oscar 2019, eles fizeram o mundo se arrepiar, sussurrar e ficar em estado de plenitude.

Vale a pena ver e ouvir muitas vezes!

  • Abaixo a letra e a tradução dessa fonte de inspiração.

 

 

Shallow (feat. Bradley Cooper)

Tell me something, girl
Are you happy in this modern world?
Or do you need more?
Is there something else you’re searching for?

I’m falling
In all the good times
I find myself longing for change
And in the bad times I fear myself

Tell me something, boy
Aren’t you tired trying to fill that void?
Or do you need more?
Ain’t it hard keeping it so hardcore?

I’m falling
In all the good times
I find myself longing for change
And in the bad times I fear myself

I’m off the deep end, watch as I dive in
I’ll never meet the ground
Crash through the surface
Where they can’t hurt us
We’re far from the shallow now

In the shallow, shallow
In the shallow, shallow
In the shallow, shallow
We’re far from the shallow now

I’m off the deep end, watch as I dive in
I’ll never meet the ground
Crash through the surface
Where they can’t hurt us
We’re far from the shallow now

In the shallow, shallow
In the shallow, shallow
In the shallow, shallow
We’re far from the shallow now
Superfície (part. Bradley Cooper)

 

Tradução

Me diga uma coisa, garota
Você está feliz neste mundo moderno?
Ou você precisa de mais?
Existe algo mais que você está procurando?

Estou caindo
Em todos os bons momentos
Eu me vejo almejando uma mudança
E nos momentos ruins, eu tenho medo de mim mesmo

Me diga uma coisa, garoto
Você não está cansado de tentar preencher esse vazio?
Ou você precisa de mais?
Não é difícil manter toda essa energia?

Estou caindo
Em todos os bons momentos
Eu me vejo almejando uma mudança
E nos momentos ruins, eu tenho medo de mim mesma

Eu estou à beira do precipício, assista enquanto mergulho
Eu nunca vou tocar o chão
Caio através da água
Onde eles não podem nos machucar
Estamos longe da superfície agora

Na superfície, superfície
Na superfície, superfície
Na superfície, superfície
Estamos longe da superfície agora

Eu estou à beira do precipício, assista enquanto mergulho
Eu nunca vou tocar o chão
Caio através da água
Onde eles não podem nos machucar
Estamos longe da superfície agora

Na superfície, superfície
Na superfície, superfície
Na superfície, superfície
Estamos longe da superfície agora

E você, amiga/o leitor?! O que anda fazendo com aquilo que fizeram com você?

  • “Não importa o que  fizeram com você, mas SIM o que você faz com aquilo que fizeram com você!”  (Jean Paul Sartre).
” Cada um de nós compõe a sua história, cada ser em si carrega o dom de ser capaz e ser feliz”
(Renato Teixeira e Almir Sater).
Todos nós passamos por desafios e dificuldades na vida e cada um de nós é capaz de transformar qualquer situação.
Dance, cante, traduza e se divirta com o poder e magia que só a música tem!
Comemore o milagre da vida! Você, eu, nós somos um milagre da natureza e isso já é o suficiente para celebrarmos, cantarmos, dançarmos…
Espero que tenham gostado do artigo. Um abraço carinhoso e até o próximo post.
Adriana Jarva

Veja também: