Ser professora. História de vida em 7 lições.

Acredito que antes de qualquer coisa, para ser professor, é preciso além do dom de ensinar, ter amor à causa. Paixão pelo que faz.

Dificilmente um professor que não ama ensinar conseguirá ter sucesso em sua trajetória.

Isso faz parte do processo. É preciso gostar de lidar com as pessoinhas, sejam elas de que tamanho forem.

 

Onde tudo começou.

Minha vontade de ser professora vem desde criança. Brincava mais com minha lousinha, do que com bonecas. E as paredes da minha casa viviam rabiscadas de giz. A lousa era muito pequena para o tanto que eu escrevia!

Comecei cedo, dando aulas de catecismo na igreja que frequentava. Dos 14 aos 24 anos, com chuva ou sol, todo sábado pela manhã, lá estava eu com as crianças.

Essa feliz experiência gerou em mim a vontade de fazer pedagogia e continuar com essa missão.

E por aí, começam as minhas lições, as quais compartilho com vocês.

 

Lição 1

Tudo pode sair melhor do que o planejado.

Infelizmente ou felizmente, não passei no vestibular para pedagogia na FUVEST. E depois de uma pequena frustração, acabei seguindo para minha segunda opção; Publicidade e Propaganda, mesmo sem saber direito do que se tratava.

Entrei na FAAP e fiz Comunicação Social com especialização em PP.  E dali, após um ótimo relacionamento com uma professora, que também se tornou minha chefe no meu primeiro estágio e depois minha amiga, veio um grande presente.

Um convite para ser professora na FAAP.

Assim mesmo, fora dos caminhos planejados, comecei minha missão de ser professora universitária, aos 23 anos.

  

Lição 2

Ter sabedoria para fazer a passagem.

Sem experiência alguma, mas com muita vontade e uma mentora incrível, segui em frente com a missão na FAAP por 3 anos. Foi um grande aprendizado, o qual devo um registro de gratidão imensa a minha eterna mestra Claudia Sampaio Assunção.

Foi ela que viu potencial em mim e abriu os caminhos para que eu realizasse meu sonho de criança, sem ao menos eu ter comentado isso com ela.

O sucesso é uma mistura de sorte, talento e oportunidade.

Alguém abre a porta, mas somos nós que fazemos a passagem.

 

Lição 3

Retribuir!

Reconhecer, valorizar talentos e dar oportunidades!

Como uma forma de retribuição ao universo, na FAAP fiz minhas primeiras captações de talentos, dando oportunidade a quem me pareceu imensamente interessado, querendo trabalhar para aprender, mesmo sem ganhar nada.

E nesse caminho, abri as portas para o Ricardo Breves e Rogério de Almeida Prado Guimarães.

O Rogério mudou o rumo para fora de SP e na área de MKT. Mas, o Ric Breves, nosso querido Brevito e meu primeiro pupilo, seguiu firme e forte nos caminhos da Mídia e sempre me encheu de orgulho, chegando a ser diretor de mídia em grandes agências.

Ele soube muito bem fazer a passagem!

 

Lição 4

Entender que tudo tem seu momento.

Fechei meu ciclo na FAAP e após um descanso de 4 anos, voltei a dar aulas de Mídia na Universidade Anhembi Morumbi. Idos dos anos 2.000.

E por lá, fiquei 8 anos. Foram anos intensos, dando aulas 3 vezes por semana, coordenando mais de 80 grupos de TCC por semestre. Além de trabalhar, lógico, na doida rotina de agência, atendendo varejo, sendo mídia e atendimento.

Hoje eu entendo que tudo na vida tem seu momento certo, pois não teria estrutura física e psicológica para viver isso novamente.

Foi outro grande aprendizado e uma pescaria de mais um tanto de talentos que me acompanham nesta trajetória de Mídia.

Menção carinhosa às pupilas que selecionei e joguei nesse mundinho; Daniela Rosa, Adriana Fontes, Nany Porciuncula, Michelle Fernandes e Gabriela Amato.

E em especial, Águeda Kicia, minha afilhada de vida e profissão.

Todas passaram muito bem pela porta, para minha imensa alegria.

 

Lição 5

Viver bem os encerramentos e começos de ciclos.

Fechei o ciclo de 8 anos na Anhembi com certa tristeza, mas com algo dentro de mim dizendo que um outro muito melhor estaria a caminho.

E assim foi!

Depois de uma breve passagem de 1 ano na Faculdade Belas Artes, recebi outro grande presente; um convite para dar aulas na pós graduação do Mackenzie.

Uma colocação diferente e uma disciplina nova para mim; Eventos e Patrocínios.  Abracei a causa, pois era um projeto muito legal, apenas uma vez por semana e com turmas menores, de adultos. Isso fez a troca de aprendizados ser muito mais divertida e valiosa.

Tenho muitos ex alunos (queridos da titia) na minha rede de amigos até hoje. Foi mais um grande presente a relação feliz que tivemos.

A sub lição é que devemos acreditar sempre que coisas melhores podem chegar a qualquer momento.

 

Lição 6

Saber que o mundo gira e tudo pode mudar.

Um dos maiores aprendizados para mim nesta vida, profissionalmente falando, é que não somos, estamos. E tudo pode mudar a qualquer momento. Portanto, valorizar e respeitar as pessoas é uma condição básica para ter sucesso e boas relações na nossa jornada.

Qualquer pessoa merece nosso respeito. Cada um, à sua maneira, está cuidando do seu pãozinho de cada dia e vivendo suas batalhas diárias.

Só para saberem: Um ex aluno, que na época era estagiário de uma agência, hoje é meu chefe!

Ainda bem que o tratei bem, administrando uns probleminhas de faltas! Isso por respeito ao estudante e profissional que já ralava como estagiário, sabia mídia e não conseguia frequentar minhas aulas.

Meu poderoso chefinho Herbert Gomes. Hoje sou eu que aprendo com ele.

Assim é a vida! Mundinho girando e as pessoas se encaixando nos seus devidos lugares!

 

Lição 7

Sublime lição da gratidão.

Contando minha passagem como catequista, posso considerar que tenho 35 anos de vida acadêmica.

Nesse tempo todo tive muito mais alegrias e aprendizados na relação com os alunos do que qualquer outra coisa que não me fizesse feliz.

O cansaço sempre foi compensado com o reconhecimento e carinho. Valeu muito!

Por isso, a premiação dos Amigos do Mercado me reconhecendo como professora é mais um grande presente da vida.

Só a indicação entre tantos e diversos nomes importantes no mundo acadêmico, já é uma honra e grande alegria.

Só tenho a agradecer. Muito mesmo!

E é com imensa felicidade que recebo este prêmio. Um reconhecimento carinhoso do Mercado Publicitário.

Sei que minha história como professora não termina por aí. Tenho muito a ensinar e aprender ainda.

Outros lindos capítulos virão!

 

Com o coração cheio de gratidão e sempre esperando por dias melhores…

Deixo um beijo!

 

Fabiana Maia

Ƹ̴Ӂ̴Ʒ A vida sempre em transformação.

 

Veja também: